Mais sobre a Rede 399

18/7/2016 8:40:00

Reformulada, Rede 399 é apresentada a 30 municípios

A Celepar em parceria com a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SEAE) apresentou a reformulação do programa Rede 399 - Internet para Todos, para parceiros, provedores e prefeitos de 30 municípios do Estado. O programa de inclusão digital visa diagnosticar a realidade de cada região e encontrar as soluções para levar a internet a todos os municípios, tanto na zona urbana quanto na rural. 

Com a nova proposta, a secretaria passa contatar cada município, individualmente, para informar sobre a Rede 399 – antes, eram as cidades que procuravam o programa. 

De acordo com o secretário Flávio Arns, o projeto foi repensado de maneira colaborativa, identificando as necessidades e buscando as soluções para melhores resultados. “Antes o município poderia vir atrás do programa e se informar. Agora, a secretaria vai a todos os 399 municípios, pois uma cidade com internet e comunicação vai ser sempre mais desenvolvida e com perspectivas”, explicou Arns.

No encontro foram apresentadas as ações reestruturadas da Rede 399 e os projeto- pilotos de dez cidades que já se interessaram pelo programa e estão em fase de adaptação. “O Governo do Estado quer levar a internet a todos os municípios e toda a população”, afirmou o diretor de infraestrutura e operações da Celepar, Luiz Fernando Ballin Ortolani. 

"A apresentação, realizada dia 09, trouxe uma nova realidade ao programa", disse o responsável pelo projeto Rede 399 na Celepar, Jeferson Costa. “O levantamento realizado traz uma nova dimensão ao programa, aliada à intenção da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e a Fomento de inserir telecomunicações como requisito em novos projetos”, ressaltou.

O papel da Divisão de Gestão dos Núcleos Regionais da Celepar (DINUC), segundo o coordenador Reginaldo Santos, foi efetuar o contato com as prefeituras e fazer relatórios sobre a aplicabilidade nos municípios. “O levantamento é encaminhado para a equipe do Jeferson Costa e para a SEAE, para averiguar a viabilidade de adesão à Rede 399”, enfatizou. Santos ainda ressaltou que a meta para 2016 é realizar este levantamento em 120 municípios paranaenses.

Participantes

Os prefeitos dos dez municípios que se interessaram pelo programa - Tupãssi, Campo Magro, Campina do Simão, Ribeirão Claro, Alvorada do Sul, Jussara, Mariópolis, Guaraqueçaba, Porto Vitória e Maria Helena - foram os primeiros a serem inseridos no Rede 399 e saíram da reunião com o estudo completo feito pela Celepar sobre o que pode ser feito na cidade. 

O prefeito de Floresta, José Roberto Ruiz, recebeu o estudo completo. “O próximo passo é fazer um estudo de viabilidade, da área e dos custos. Enfim, um levantamento geral para colocar isso no papel e dar início à instalação”, falou.

Outros 20 municípios foram convidados a participar do encontro para conhecer melhor o programa, sanar dúvidas e entender como encaixar a sua realidade ao programa. São eles: Antonina, Bom Sucesso do Sul, Boa Ventura do São Roque, Campo Do Tenente, Céu Azul, Chopinzinho, Conselheiro Mairinck, Floresta, Icaraíma, Joaquim Tavora, Morretes, Ortigueira, Piraquara, Porecatu, Reserva, Tamarana, Tamboara, Terra Roxa, Vera Cruz do Oeste e Virmond. 

A prefeita de Virmond, Lenita Mierzva, conheceu o programa e deseja instalar o Rede399 em sua região. “Hoje entrego o relatório do meu município e concluo o meu primeiro passo. É pela internet que se leva o conhecimento a população, por isso vejo a importância para o meu município de desenvolver esse grande programa”, destacou Lenita. 

Internet 

O Rede 399 busca disseminar o uso de internet banda larga nas cidades paranaenses. Com a instalação da rede, as prefeituras poderão disponibilizar novos serviços online para a população e interligar unidades administrativas. É possível levar internet aos distritos ou comunidades rurais, ampliando o acesso da população, aumentando a inclusão digital e social.

O município de Ubiratã tem hoje uma rede estável, de alta velocidade, em 44 pontos de interesse municipal. A empresa ganhadora da licitação implantou 12 km de fibra ótica, o que permitiu a oferta de internet de ótima qualidade para empresas e cidadãos que optaram pela contratação dos serviços. 

Com a implantação da Rede 399 Ubiratã disponibilizou o acesso à internet gratuita através do Programa Espaço Cidadão, permitindo a inclusão e qualificação da população. Além disso, o município implantou o sistema de Gestão Integrada de Relacionamentos (GIR), experimentando praticidade e interação com a comunidade.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.